quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Escrever direito


Pensar e não escrever é inafiançável
Visto que tortura é crime hediondo.
Escrever expulsa e mais aprisiona
Pois se trata de pena de banimento.
Só divulgar liberta
Isto posto, transito em julgado,
Sem direito a recurso,
Voa a palavra solta.

Um comentário:

Anônimo disse...

Este é um poema de que gosto muito porque une duas partes indissolúveis de mim: o direito e a criação. Adorei você ter percebido!

catarina | Email | 18-01-2007 21:27:28



Obra-prima da filhota. ou seria obra-filhota da prima?

YvaninhoKunha | Email | Homepage | 04-01-2007 20:40:13