quarta-feira, 21 de maio de 2008

Uns e Outros


Outro sentou com as pernas abertas, guardou a ponta da gravata no bolso e pôs-se a devorar um cachorro-quente no banco da praça. Na segunda abocanhada viu Um olhando comprido para o sanduíche. Outro ofereceu. Um sorriu. Outro pediu para Um um x-com-tudo-dentro e uma coca. Um ao lado do outro, com uma mão equilibravam a refeição, com a outra mantinham em segurança seus pertences: Outro, a pasta de couro, Um, o saco de amendoim. Comeram em silêncio. Depois, ficaram ali olhando os pés um do outro e se limpando. Um ofereceu amendoim. Outro aceitou uma prova por simpatia. O gato de rua parou entre Um e Outro e ficou. Embolou oferecendo a barriga, pulou no pé de Um e puxou o cadarço de Outro. Riram. Outro perguntou se Um queria o gato. Um queria, mas não poderia cuidar, pois a mãe não gosta de bicho. No entanto, sabia Um, um dia seria veterinário. Outro falou que, embora gostasse muito de gato, não tinha tempo para cuidar do bichano; viajava muito; morava sozinho. Um se ofereceu para cuidar do bicho na casa de Outro. Entendia de ração, caixa-de-areia, corte de unha e limpava tudo muito bem. Fora auxiliar geral numa veterinária, mas ela falira. Foi quando começou a vender amendoim para voltar um dia a estudar. Oitava série. Outro perguntou a Um se aceitaria um salário para cuidar do gato. Mas teria que manter tudo limpo, não vender mais amendoim na noite e continuar estudando para ser veterinário. Afinal, alguém tem de cuidar deste gato.
Um pegou o gato no colo. Outro pagou a conta.
E por causa de uns e outros, o mundo vai ficando melhor.

Um comentário:

Anônimo disse...

Amar as coisas naturais é uma atribuição de todos, não só de veterinários, endendródatas, cineastas, amantes et all personas quaiqueres que queira viver bem, consigo próprio ou com los outros. você acertou em cheio com este texto, filhota, teu YdaK

YvanioDaKunha | Email | Homepage | 22-04-2008 19:08:07



Catarina, Você é demais. Se houvessem mais Catarinas no mundo, ia até estragar de tão bom. Beijos. Sylvia

Sylvia Regina Marin | Email | Homepage | 01-04-2008 17:40:11